7.1

A  PECUÁRIA NAS REGIÕES DE TOMBALI E CACHEU: POSSE VERSUS PRODUÇÃO ANIMAL?

André Martinho de Almeida
Centro de Veterinária e Zootecnia, Instituto de Investigação Científica Tropical (IICT)
ATA – Associação Tropical Agrária, Lisboa, Portugal
aalmeida@fmv.utl.pt
Luís Alfaro Cardoso
Centro de Veterinária e Zootecnia, Instituto de Investigação Científica Tropical (IICT)
ATA – Associação Tropical Agrária, Lisboa, Portugal
alfarocardoso@fmv.utl.pt

A produção animal e a sua exploração reveste-se de extrema importância no âmbito da sobrevivência das populações de países em vias de desenvolvimento em geral e da Guiné-Bissau em particular. Com efeito, os animais são essenciais como fonte de tracção animal, para o fornecimento de carne e leite, assim como símbolo de status, reserva alternativa ao capital, possuindo igualmente um elevado valor cultural e espiritual, frequentemente o mais valorizado por várias etnias da Guiné. Este trabalho procura caracterizar os sistemas pecuários de duas das regiões mais desfavorecidas da Guiné-Bissau, Cacheu Norte e Tombali. Uma ênfase particular será dada à dicotomia existente entre um sistema tradicional que privilegia a simples posse de animais e as necessidades crescentes de um país em que a economia de mercado e as trocas comerciais assumem importância crescente. Esta comunicação descreve os principais aspectos de maneio e objectivos com que as animais são criados nesta região da Guiné-Bissau, apresentando-se as principais diferenças com que as principais etnias da região (Tombali – Balanta e Nalú; Cacheu Norte – Balanta e Felupe) encaram e conduzem a posse a comercialização de animais. Todas as espécies pecuárias serão abordadas, com especial destaque para os bovinos e os pequenos ruminantes, verdadeiro denominador comum da produção pecuária da Guiné-Bissau, fazendo-se uma descrição das raças existentes, suas principais características, assim como uma descrição do sistema de exploração em que estão inseridos. As principais limitações inerentes a este sistema de produção/posse serão igualmente descritas. Serão abordados aspectos como a natureza e objectivos do sistema de produção, das funções e capacidade dos serviços agro-pecuários, assim como do papel das ONGs e das associações locais de produtores. Serão finalmente avançadas propostas de medidas concretas com vista à melhoria dos indicadores e resultados da produção animal nestas regiões, procurando-se contribuir desta forma para a melhoria das condições de vida das populações locais.

Palavras-chave: Tombali, Cacheu, Balanta, Felupe, Nalú, produção animal

Nota biográfica
André Almeida
(Lisboa, 1974), é investigador auxiliar no Centro de Veterinária e Zootecnia do IICT desde 2008. AM Almeida realiza trabalhos de investigação nas áreas de produção animal e veterinária em países tropicais numa prespectiva de desenvolvimento das populações locais. Trabalhou na África do Sul, Austrália e Guiné-Bissau, entre outros países. AM Almeida é editor da revista Tropical Animal Health and Production, tendo publicado mais de 30 artigos em revistas científicas internacionais