10.1

OS NATURAIS DE CABO VERDE NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA PORTUGUESA ENTRE 1945 E 1975

Isabel Lopes Ferreira
Presidente da África Debate
africadebate@yahoo.com

Entre 1945 e 1975 qual terá sido o papel dos funcionários públicos naturais de Cabo Verde, num Estado que assumia uma lógica predadora, mas que aparentemente subvertia essa lógica ele mesmo, incorporando os referidos funcionários?
Estas foram as questões de partida para um trabalho que tentou compreender o universo político em que aqueles funcionários se movimentaram, assim como o papel do Estado para o qual trabalharam.
É a primeira vez que este grupo de caboverdeanos é alvo de um estudo deste género. Por outro lado, aqui se questiona a tradicional colocação dos estudos sobre os territórios ultramarinos, no âmbito das Relações Externas de Portugal.

Palavras-chave: Administração pública portuguesa, caboverdeanos, ultramar, relações internacionais.

Nota Biográfica
Isabel Lopes Ferreira, Doutorada em Ciência Política, Presidente da associação África Debate. Editora de  teses de vários autores. Ex-Directora da revista de Estudos sobre África Debate. Membro fundador do Observatório Político.